A toxina botulínica é uma toxina obtida de uma bactéria chamada Clostridium botulinicum. No produto a ser aplicado esta bactéria encontra-se atenuada. Essas injeções vêm sendo usadas há mais de uma década em crianças e adultos para resolver problema de espasmos musculares, tanto na face quanto em outras regiões do corpo. O modo de ação é através de um "enfraquecimento" muscular. A toxina bloqueia quimicamente a chamada "placa motora" do músculo, impedindo que ocorra a contração muscular.

INDICAÇÕES: Em cirurgia plástica, esta técnica é usada para amenizar rugas dinâmicas ou de expressão (causadas pela ação muscular) na região frontal (testa), glabela (entre sobrancelhas) e periorbital (pés-de-galinha).

MODO DE AÇÃO: Esta injeção enfraquece o músculo tratado, impedindo a sua contração e prevenindo o franzimento da pele, pés de galinha e linhas de expressão que sejam ocasionadas pela ação muscular.

MODO DE APLICAÇÃO: Por via injetável, utilizando-se uma agulha muito fina (agulha de insulina) que é introduzida diretamente no músculo a ser tratado. Não há necessidade de anestesia e o resultado (enfraquecimento muscular) começa a ser observado entre 24 horas e 5 dias após a injeção.

RESULTADOS: Em geral, os resultados são muito bons. Porém, como este resultado depende da resposta orgânica de cada paciente, existe a possibilidade de ser necessário um retoque ou, mesmo, que o produto não venha a surtir o efeito desejado (isto pode ocorrer devido a anticorpos já anteriormente formados). Nestes casos, não haverá devolução do pagamento, pois este resultado negativo não se deve à falha técnica e, sim, a uma resistência individual orgânica do paciente ao produto injetado.

EFEITOS COLATERAIS: Têm sido mínimos. Ocasionalmente pode ocorrer um discreto edema (inchaço) e/ou equimose (mancha roxa) na área tratada. Raramente, o músculo adjacente pode ficar enfraquecido (por uma, ou por várias semanas após a injeção). Qualquer dúvida ou reação diversa, contatar com seu(sua) cirurgião(ã).

DURAÇÃO DO EFEITO: Por se tratar de ação química, este tratamento não é definitivo, pois o produto perde o seu efeito após quatro a seis meses. Após este período, nova aplicação poderá ser planejada se o(a) paciente assim o desejar. Esta aplicação deverá ser feita sob novo contrato.

© 2011 Dr. Lincoln Graça Neto. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: